Pages

Ads 468x60px

.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Mitos e verdade sobre a pírula anticoncepciona...


Saiba o que é verdadeiro o que é mentira sobre a pílula.

Alivia os sintomas da TPM. SimPor regular todo o fluxo de hormônios do seu corpo, a pílula também acaba regulando o seu ciclo menstrual. A menstruação só acontece no intervalo entre uma carteia e outra, que dura sete dias. A pílula também pode controlar alguns efeitos indesejados da TPM, como cólicas e sintomas emocionais (irritabilidade, ansiedade e alterações de humor). 
E saiba: a pílula pode ser tomada por qualquer menina que já tenha menstruado. Peça para a sua mãe te levar ao ginecologista e ele vai indicar uma para você.

Combate as espinhas. Sim. A pílula pode deixar sua pele e seu cabelo mais bonitos. Algumas variedades contêm um tipo de hormônio feminino que inibe o androgênio (hormôniomasculino), que é o responsável pela maior produção de óleo nas glândulas sebáceas. A pele menos oleosa tem tendência a ter menos espinhas e cravos. O mesmo acontece com o cabelo, que tende a ficar menos oleoso nas raízes. Você já começa anotar os resultados depois de três meses. Ah, só não suspenda os produtos que você já usa para evitar a acne.

Previne a gravidez.Sim ainda que tenha uma eficácia de quase 100% na prevenção da gravidez, a pílula não substitui a camisinha na proteção contra as doenças sexualmente transmissíveis, como aids, hepatite e HPV. Se você decidir tomar pílula, saiba que deverá toma-la todo dia. Por isso, os médicos recomendam que você tome o comprimido sempre no mesmo horário, atrelando a algo que você faça no seu cotidiano: antes do banho, na hora que acordar, antes do almoço. Se você esquecer e o atraso não extrapolar 12 horas depois do seu horário habitual, tome a pílula. Caso tenha ultrapassado esse limite de tempo, tome a pílula esquecida junto à próxima.


Mitos e verdades saiba o que é verdadeiro o que é mentira sobre a pílula.
Engorda? Depende. O inchaço causado pela pílula só atinge algumas meninas sensíveis aos hormônios. Já existem pílulas com leve ação diurética, que te fazem ir mais vezes ao banheiro e evitam a retenção de líquidos. 


 Dá celulite? Mito. Algumas meninas atribuem as celulites a um possível inchaço do corpo por causa das pílulas, mas não tem nada a ver. A celulite está muito mais ligada à má alimentação e à falta de exercício do que com qualquer outra coisa.  


Deixa infértil? Mito. A pílula não altera a sua fertilidade e não possui um efeito cumulativo. Por mais que você a tome por anos, ela não vai te deixar infértil. Basta parar de tomar para conseguir engravidar  


Dá dor de cabeça, enjoos, dores no corpo? Depende. Algumas meninas apresentam esses efeitos colaterais porque o corpo ainda está se adaptando aos hormônios. Mas, depois de três meses de tratamento, esses desconfortes tenden a passar. Se não, procure o seu médico.

Todas as mulheres podem tomar anticoncepcionais?
Não. Mulheres com risco a trombose e embolia pulmonar, com problemas cardiovasculares, derrame, colesterol, fumantes, mulheres obesas e com mais de 35 anos, devem evitar o uso de pílulas anticoncepcionais.

Pílula do dia seguinte, ela evita a gravidez ao impedir o processo de ovulação quando ele ainda não ocorreu. Não vale usar toda vez que se esquecer de tomar a pílula comum ou achai que a camisinha estourou. Deixe para casos urgentes. Como ela tem uma quantidade maior de hormônio, a menstruação pode ficar irregular. O importante é prevenir antes. Mas, se tiver que apelar para ela, lembre-se de que, quanto antes ela for tomada, melhor o efeito. O prazo máximo é de 72 horas depois da relação sexual.

fonte:biopsicosaude

0 comentários:

Postar um comentário