Pages

Ads 468x60px

.

sábado, 16 de junho de 2012

A Vestimenta da Mulher Cristã

"O Que Vestir?"

II PARTE

(Tito 2:5 ACF) “A serem moderadascastas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada.”
Temperança (moderação) 
(1Cor. 9:25 ACF) “E todo aquele que luta de tudo se abstém“. A palavra abstém quer dizer que nem tudo é lícito. Há algo que não convém. Aquele que quer receber o prêmio, tem que correr “de tal maneira que o alcanceis” (1Cor. 9: 24). Na vida do crente, há uma luta espiritual. O que não agrada o Espírito Santo faz parte de “tudo” a quese abstém”.
(Tito 2:5) “A serem moderadas, … a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada.” Tanto no falar, comer, beber, cuidar do lar, assim também no vestir.
Moderadas no grego significa:

  • 1ª) de mente sã
  • 2ª) se abster de desejos e impulsos, autocontrole, temperança. Ver também: (1Tim. 3:2) “sóbrio”; (Tito 1:8), “moderado”;(Tito 2:2), “prudentes”;(Tito 2:5), “moderadas” (estes são todos os usos desta palavra grega no Novo Testamento, Concordância Fiel).
As modas vão mudando de época em época, mas a moderação nunca sai de moda para o crente. O mundo, que não conhece a Cristo, e assim desconhecedores do Espírito Santo, não sabe criar estilos de moda que honrem a Deus, mas a carne (1João 2:16) “Porque tudo o que há no mundo, concupiscência da carne, a concupiscência dosolhos, e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo” . O crente deve andar diferentemente do mundo. Lembre-se a instrução para o crente é “não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Rom 12:2). Com um entendimento renovado, a vontade de Deus, em relação ao assunto de vestimenta, será conhecida. Lembremo-nos que a temperança é fruto do Espírito (Gal 5:22) “Mas o fruto do Espirito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”.
(I Timóteo 2:9-10) diz: “Que do mesmo modo as mulheres se ATAVIEM em traje HONESTO, com PUDOR eMODÉSTIA, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, mas (como convém a mulheres quefazem profissão de servir a Deus) com boas obras.”
O primeiro segredo deste versículo se vê na palavra “ataviem” que, com razão, não foi usada a palavra ‘vestirem’. A palavra grega significa:
  • 1ª) ordenada, em ordem, pronta, preparada
  • 2ª) ornamentar, adornar,
  • 3ª) metáfora; embelezar com honra, ganhar honra.
O ornamento da mulher não é a sofisticação daquilo que ela usa como vestimenta. A beleza da mulher são as suas boas obras, portanto, uma das boas obras é se vestir “em traje honesto, com pudor e modéstia”.
Traje honesto, nesta passagem, não se refere a uma característica subjetiva, vaga e indefinível da roupa, mas se refere a um tipo específico objetivo, preciso e definível de roupa. “KATASTOLE” é a palavra grega que é traduzida como traje honesto. A definição literal da palavra é “PEÇA DE VESTIR COMPRIDA E FROUXA”. É com isto principalmente que podemos reavaliar nosso guarda-roupa! A norma bíblica para se vestir, então, é usar somente peças de vestir COMPRIDAS e FROUXAS, que ESCONDAM o corpo e até os contornos de uma mulher, que são reservados para apreciação somente pelos olhos de seu esposo. Que é que esta classe de roupas inclui?
Primeiramente, não inclui calças compridas como roupa feminina. Algumas igrejas e escolas permitem que as mulheres usem calças compridas para esportes e atividades físicas, pois acham ser mais decorosos do que vestidos ou saias; mas não há nada de decoroso em calças compridas. Não há maneira de esticar a regra bíblica de “algo de vestir comprido e frouxo” de modo a incluir calças compridas. Talvez sejam compridas, mas não são decorosas. O corpo de uma mulher não está completamente ESCONDIDO com uma calça comprida, está somente exibido em outra cor e textura as formas e orifícios do corpo da mulher. Toda a anatomia deve ser pudicamente escondida coberta,KATASTOLE; as coxas, curvas, genitálias e as nádegas são especialmente enfatizadas pelas calças compridas isto é extremamente sensual, e sensualidade é obra da carne “(Gal 5:19) Portanto as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impurezaLASCÍVIA (QUE É SENSUALIDADE),” algumas chegam a ser tão justas e tão transparentes que pode-se ver as roupas intimas por sob elas, enquadra-se aqui também costas, seios, e barrigas à mostra {SENSUALIDADE LASCÍVIA} .
Com pudor, no grego, quer dizer:
  • senso de humilhação (vergonha) ou de honra, modéstia, acanhamento, reverência, respeito pelos outros (Ver a mesma palavra grega também: (Heb 12:28), “reverência”).
Portanto, a vestimenta da mulher não deve ser aquela que chama a atenção a ela de alguma maneira (formato ou linhas que a destacam como mulher).
Lembre-se que a esposa foi feita para o marido (Gên. 2:18, 21-25). Aquilo que é diferente na mulher foi feito para o seu marido. As mulheres “sujeitas a seus maridos(Ef 5:22) “vivem para atraírem e agradar somente a ele “(I Co 7:3b.); “A mulher virtuosa é a coroa do seu marido, mas a que procede vergonhosamente é comoapodrecimento nos seus ossos” Prov. 12:4) nunca para mostrar aos outros a sua beleza particular “criada para o seu marido” (Ef 5:33b.). A mulher foi feita assim, pois assim agrada o homem.
Todo homem que vê a mulher, as suas diferenças, é atraído. Por isso, para que a palavra de Deus não seja blasfemada, a mulher deve embelezar-se “em traje honesto, com pudor modéstia” o adorno dela sendo a sua sujeição ao seu marido e a Deus (Efés 5:22-24) “Vós, mulheres, sujeita-vos a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é a cabeça da mulher, como também cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres seja em tudo sujeitas a seus maridos”(I Ped 3:1-6) “Semelhantemente vós, mulheres sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedece a Palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavras; considerando a vossa vida casta, em temor. O enfeites delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; mas o homem encobertono coração; no incorruptível traje de um espirito manso quieto, que é precioso diante de Deus. Como sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, fazendo bem, e não temendo nenhum espanto.” .
(Tito 2:9), “A serem moderadas, castas …a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada”
A palavra casta pode ser adequada às ações ou à vestimenta. Se a vestimenta tem aparência de pessoas que nãosão castas, as mulheres serão identificadas como mulheres de má fama, prostitutas, devassas, irreverentes, rebeldes, lésbicas, etc.
Casta, no grego significa:
  • 1ª) que incita reverência, venerável, sagrada
  • 2ª) puro.
A maneira como a mulher se veste revela realmente o que ela é. A roupa que incita reverência ou pureza será um bom testemunho para a Palavra de Deus. Exemplo de mulheres não castas: (Isa 3:16-17) “Diz ainda mais o Senhor: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com o pescoço erguidolançando olhares impudentes; e quando andam, caminham afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés. Portanto o Senhor fará tinhoso o alto da cabeça das filhas de Sião, e o Senhor porá a descoberta tua nudez,”; (Isa 47:2,3) “Toma a mó, e mói a farinha; remove o teu véu, descalça os pés, descobre as pernas e passa os rios. A tua vergonha se descobrirá, ever-se-á o teu opróbrio; tomarei vingança, e não pouparei a homem algum.”
Uma amiga minha me disse que sua decisão de limitar seu guarda-roupa a vestidos e saias foi o resultado de um estudo bíblico feito por e para mulheres. Todos os argumentos e razões da professora que fazia a demonstração foram em vão, até que disse: “Permitam me demonstrar-lhes algo.” Pediu às mulheres que fechassem seus olhos momentaneamente. Afixou na parede uma grande pintura de uma bonita mulher com castas e atrativas saia e blusa, pediu às mulheres que abrissem seus olhos, e então perguntou: “Qual é o ponto central da figura e que primeiro lhes atraiu a atenção? Onde os olhos se fixaram naturalmente?” Todas concordaram que seus olhos foram primeiramente atraídos pelo rosto da mulher.
Novamente pediu que fechassem os olhos. Quando abriram seus olhos viram um pôster grande de uma mulher com camiseta de malha e calça jeans ambas mais ou menos justas.Ela disse: “Sejam honestas com vocês mesmas, e digam-me: onde primeiro fixaram seus olhos no pôster?” Muitas mulheres presentes se surpreenderam ao notar que a maioria dos olhos foram primeiramente atraídos para a área dos quadris e a área das curvas acentuadas, antes de notar o rosto da mulher. Se isto ocorre num grupo de mulheres, quanto mais seria num grupo de homens? Para a minha amiga Joetta, esta foi toda a “evidência” que necessitava.
Calças compridas são mencionadas na Bíblia várias vezes e são chamadas de calções. Nunca são associadas com roupa de mulher. Falando da roupa dos sacerdotes, a Bíblia diz: “Faz-lhes também calções de linho, para cobrirem a carne nua; irão dos lombos até as coxas. E estarão sobre Arão e sobre seus filhos, quando entrarem na tenda da congregação, ou quando chegarem ao altar para ministrar no santuário, para que não levem iniquidade e morram; isto será estatuto perpétuo para ele e para a sua descendência depois dele.” (Êxodo 28:42-43 ACF). Estes calções são roupa íntima masculina, usada por baixo de roupas compridas, ver contexto. Você só encontrará calças ou calções relacionadas com roupa masculina.
(Deuteronômio 22:5) diz: “Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, quem faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus.” O dicionário define a palavra abominação como “algo extremamente sujo e totalmente odiável.” As ações categorizadas nas Escrituras como abomináveis são as mais terríveis imagináveis, tais como homossexualidade, bestialidade, bruxaria e outras ofensas graves. Deus nos disse que Ele é assim: Ele tem a mais extrema repugnância pelas mulheres que se vestem com roupas de homens. Mas quem disse que calças compridas são roupas de homens? Deus disse. Ao contrário da maneira pela qual temos sido enganadas pelas artes, televisão, etc., a roupa dos homens e das mulheres NÃO eram iguais nos tempos bíblicos. Havia uma grande distinção entre suas roupas.
A maior diferença entre a roupa masculina de agora e a daquele tempo é apenas que aqueles homens se vestiam com roupas mais compridas e abundantes que a roupa usada pelos homens hojeem dia. Porcima de tudo, havia uma longa-túnica. Em algumas ocasiões de trabalho a suspendiam até os joelhos, porém quase sempre iam até bem mais abaixo. Sob ela, a roupa dos homens incluía um calção [como um bermudão ou ceroulão comprido e frouxo] e um cinturão especial. Quando um homem não estava trabalhando, procurava ficar com este cinto folgado, para sua comodidade.
Quando começava a trabalhar ou se envolvia com alguma atividade agitada, levantava alguns centímetros da cintura de sua longa-túnica externa e prendia esta dobra de sua vestimenta no cinturão usado com este propósito.
Isto livrava seus pés de atrapalhos e de se arrastar na lama, enquanto trabalhava. Todavia, o homem tinha bastante roupa posta, porque se vestia com calções compridos, por baixo de sua longa-túnica exterior. De acordo com os versículos anotados, “estes calções eram suficientemente compridos para cobrir desde os lombos e a cintura, até toda a extensão das coxas, chegando aos joelhos (ou ultrapassando-os).” Como resultado, todas as vezes que a frase “cingir os lombos” é mencionada na Bíblia, é sempre se referindo somente aos homens [levantando um pouco as suas longas túnicas, para que não se arrastem no chão].O Senhor mandou Jó cingir os lombos por duas vezes e especificou que era isto uma prática exclusivamente para os homens. (Jó 38:3) diz: “Agora cinge os teus lombos, como homem; e perguntar-te-ei, e tu me ensinarás.” (Jó 40:7) diz: “Cinge agora os teus lombos como homem; eu te perguntarei, e tu me explicarás.”
Esta frase nunca é usada referindo-se a uma mulher, não há nenhuma outra referência que sugira que calças são roupas que mulheres possam usar. A prática de vestir-se com calças compridas internamente e com uma vestidura externa que nem sempre chega à batata das pernas, ou de levantar mesmo que temporariamente a orla das vestes externas deixando à mostra as pernas ou mesmo alguns centímetros das coxas acima dos joelhos ainda neste caso elas estariam cobertas pelos longos e largos calções, foi somente praticada por homens e somente aprovada para homens, de acordo com a BÍBLIA. 
O que leremos adiante é do Dicionário Pictórico de Zondervan: “Alguns artigos de roupa feminina levavam até certo ponto o mesmo nome e a mesma fórmula básica que a do homem, mas havia suficiente diferença… para que, na aparência, a linha de demarcação entre o homem e a mulher fosse detectada facilmente.” Vemos então que, mesmo à distância, era facílimo distinguir se um indivíduo era homem ou mulher. Temos uma desculpa esfarrapada quando dizemos que é aceitável que uma mulher se vista como homem e que um homem se vista como mulher, se pensarmos que isto se fazia nos tempos bíblicos. Isto simplesmente não é verdadeiro de modo algum.
Seguramente vocês já ouviram falar do cantor de rock-and-roll, “Boy George”. Ele é um cantor de rock que se veste com roupa de mulher, usa cosméticos, usa penteados femininos e se faz e fala como mulher, quando canta. Uma publicação o descreve como “O mesclador de gêneros dos anos oitenta”. DEUS nunca teve a intenção de que os sexos fossem confundíveis (Gen 1:27) “E criou Deus o homem à sua imagem; à sua imagem Deus o criou; macho e fêmea os criou”, e não “macho-fêmea” ou “fêmea-mahco” e isto em todas as áreas, e Ele DEUS deixa isto bastante claro em muitas outras passagens da Bíblia. O Senhor pôs diferenças específicas depois da queda entre o homem e amulher quanto à roupa e ao comprimento do cabelo, para que uma pessoa imediatamente possa ser identificada pela sua silhueta; e nos deu mandamentos diretos e incisivos para que mantenhamos estas diferenças. O diabo tem procurado degenerar, degradar, desfigurar A COROA DA CRIAÇÃO que é o homem [macho e fêmea] e muitos tem se tornado abomináveis ao Senhor. Pessoas como Boy George estão transgredindo abertamente os limites que o Senhor colocou. São abomináveis a Deus. (Deuteronômio 22:5) diz: “Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus.” 
A seguinte carta foi escrita à colunista Ann Landers:
“Querida Ana:
Tua coluna no periódico faz um enorme bem. Há pouco tempo tocaste num tema que me ajudou tremendamente. Eu sou um desses homens que gostam de se vestir com roupa feminina. Um pouco antes de publicares a carta chamada “Esposa de Bobette”, minha esposa descobriu a roupa feminina que eu tinha e mantinha bem escondida. Ela ficou histérica acusando-me de ser homossexual e marcou uma audiência com um advogado, para nos divorciarmos. Depois de ver tua coluna no jornal, ela cancelou sua audiência com o advogado e marcou uma consulta com o doutor. Ela trouxe consigo a coluna escrita no jornal. O doutor disse é verdade que muitos travestis não são homossexuais. Eles têm prazer em vestir-se com roupa feminina, mas não têm desejos de envolver-se em atividades homossexuais. Alguns homossexuais são travestis, por isso toda esta confusão. Sabendo muito bem que eu não posso deixar meu vício, minha mulher sai de casa durante uma tarde por semana enquanto eu “brinco de ser mulher”. Prefiro estar só sem ser observado e ela respeita meus desejos. Sempre me asseguro de que as crianças estejam dormindo, fecho as cortinas e não respondo à campainha. Agora que posso levar a cabo meu pequeno “joguinho” com o conhecimento e aprovação de minha esposa, sinto-me 100% melhor. Meus nervos estão calmos e já não tomo mais tranqüilizante. Agradeço por ela ser tolerante.
Um admirador de Ana”
Seguramente, você reagiu igual a mim. Que nojo! Não podemos imaginar um homem tão pervertido e desordenado que se excita em vestir roupa feminina. Não podemos imaginar o nosso esposo, nosso filho, nosso irmão, nosso pai ou uma outra pessoa conhecida como o diácono da nossa igreja ou pastor, entretendo esses pensamentos ou praticando tais coisas. Só o pensar nisto nos traz repugnância. Agora pare e pense novamente sobre o assunto, só que invertendo os papeis do homem e da mulher.
Parece lógico que Deus está tão repugnado com isto como todos nós. (Deuteronômio 22:5) diz: “…nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus.” Todo o bom senso nos faz saber que isto desagrada Deus.
Mas espere! Quem disse que os homens não devem vestir-se com vestidos? Como vocês sabem que vestidos são somente para mulheres? Penso que sabemos isto da mesma maneira que sabemos sobre o tamanho do cabelo: pelo que disse a Bíblia e pelo que a própria natureza nos ensina. Se a mulher deve usar roupas de maneira a destingui-la por sua feminilidade, e que essas roupas não deixe a mostra toda sua sensualidade, saias vestidos etc., e o homem não deve usar roupas de mulher, ou seja deve diferencia-lo da mulher, então o que deve o homem usar? Ou o que restou para o homem usar? Deus programou em nosso conhecimento instintivo que as saias ou KATASTOLES ["peça de vestir compridas e frouxas"] são roupa de mulheres e os homens não as devem usar. Concordamos com Deus que tal prática deve ser considerada uma abominação.
Siga a linha de pensamento de Deus, por um momento: “Por que é que um homem não deve vestir-se com um vestido? Ah, boa resposta: Porque vestido é roupa só para mulheres! Bem, se um homem não deve vestir-se com um vestido, como deve vestir-se? Ah, outra resposta perfeita: com calças! Então não significa isto que calças são roupa para homens? Se um vestido é exclusivamente roupa de mulheres, que classe de roupa pertence exclusivamente e caracteriza um homem, na nossa cultura?”
Eu já vi homens de saias… e, claro, seguramente nunca me acostumarei com isto. Mas falhamos em recordar que há 50 anos ou menos as pessoas se escandalizavam ao ver uma mulher com calças compridas, como se escandalizam hoje ao ver um homem com uma saia. Era comum assumir que uma mulher que se vestia com calças compridas era uma aberração uma anormalidade, como também o é o homem que se veste com saias ou vestidos.
Por causa de tudo isto, reconhecemos que o Diabo pode nos enganar para aceitarmos qualquer classe de pecado, e este é o perigo secreto da televisão e da pressão do mundo. 
Nesta geração, estamos tão acostumadas a ver mulheres de calças compridas que isto já não nos parece anormal; e muitas mulheres, nos anos 90, têm usado calças compridas por toda a sua vida. Vivemos em uma geração em que as moças, muitas vezes, nem sequer têm um vestido! Mas Deus não mudou. (Deuteronômio 22:5) diz: Não haverá traje de homem na mulher … porque qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus.” Por negligenciar-mos tais mandamentos, estamos com nossas mentes cauterizadas, elas não só a usam como as usam as mais sensuais e depravadas possíveis se não vejamos:
O que você diria se visse entrar em sua igreja um homem vestido com uma calça de lycra à marcar todo o seu órgão sexual, nádegas, pernas e também com uma camisa toda decotada e justa a mostrar todo o seu peito? Ficaria escandalizada sentiria repugnância não é? Por que tais roupas não causam o mesmo sentimento quando usadas por mulheres? À resposta é: Porque estamos com nossas mentes cauterizadas por conviver com tais pecados e aceita-los tentando nos convencer que Deus mudou sua opinião a respeito do assunto . Deus tem a mesma repugnância hoje pelas mulheres que se vestem com roupas de homem, como tinha quando a Bíblia foi escrita, Deus não muda (Mal 3:6) “PORQUE EU O SENHOR, NÃO MUDO;…”
(Heb 13:8) “JESUS É O MESMO, ONTEM, HOJE, E ETERNAMENTE
(Tig 1:17) “EM DEUS NÃO HÁMUDANÇA, NEM SOMBRA DE VARIAÇÃO“.
As vezes fico a pensar o que levou as mulheres cristãs que a 30 anos à traz não usavam caças por saber que não iriam agradar a Deus, a estarem usando hoje em dia?
As saias para homens estão sendo introduzidas no mercado da moda e talvez em poucos anos, no futuro, serão tão comuns e aceitáveis como as calças compridas para as mulheres. Em um programa de televisão, Phil Donahue entrevistou desenhistas de moda sobre o futuro das saias para homens. Vários modelos estavam vestidos com saias, incluindo mesmo o Sr. Donahue.
Quando a entrevista se abriu para comentários da parte da audiência, as mulheres não tardaram em declarar sua repugnância por tão ofensiva prática. Donahue lhes respondeu: “Se é mau que homens se vistam com saias, então é igualmente mau que mulheres se vistam com calças compridas.” Mas mulheres que insistem em que homens não devem vestir-se com roupa feminina estão dia após dia usando roupas masculinas! Mesmo mulheres crentes! Que absurdo!
Releiamos (Deuteronômio 22:5) [tradução literal]: “As roupas apropriadas a um homem não estarão sobre uma mulher, nem um homem vestirá a indumentária de uma mulher: porque abominação para Jeová teu Deus [é] qualquer um fazendo estas [coisas].” O mandamento de distinção na roupa é dirigida mais específica e rigorosamente a mulheres do que a homens. Os homens simplesmente não devem vestirse com roupa feminina. Mas, quanto à mulher, Deus disse que ela não deve vestir-se tanto com o que pertence a um homem, quanto também ordenou que ela não pode vestirse com qualquer coisa que pareça roupa usável por um homem. Note também: não é a roupa que é abominável a Deus, são as pessoas que se vestem com tais roupas. “…porque abominação para Jeová teu Deus [é] qualquer um fazendo estas [coisas].”Quando a Bíblia usa a palavra abominação significa que este é um pecado gravíssimo. Certamente este não é um caso menos sério.
Espero que você seja sincera e submissa ao esquadrinhar a Palavra de Deus para responder esta pergunta: “Que vestirei?”

0 comentários:

Postar um comentário