Pages

Ads 468x60px

.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

10 Mitos e verdades sobre cabelo


A vontade de ter cabelos cada vez mais bonitos faz com que muitas mulheres deixem de lado os rótulos dos produtos de beleza e as recomendações dos próprios cabeleireiros. Quem já não deixou o creme de hidratação mais tempo do que a embalagem recomendava para “fazer mais efeito”? Ou resolveu comprar um shampoo de limpeza profunda apenas por achar que “limpar mais certamente é melhor”?
 
O cabeleireiro Eron Araújo, do salão Studio W Iguatemi, nos ajudou a desmistificar esses e outros hábitos de beleza. Confira!
1. Shampoo de limpeza profunda é melhor porque limpa mais: Esse tipo de produto possui um pH muito alto, que serve para abrir bastante as cutículas. Se você tem cabelos secos, ele vai ressecar ainda mais seus fios.
 
No caso de quem usa coloração ou tratamento químico, esse shampoo pode ainda diminuir o tempo de fixação dos produtos.
 
2. Abandonar o condicionador e trocá-lo por uma máscara hidrata mais o cabelo: Cabelo precisa de hidratação, mas não é saturando o fio de produto que você vai conseguir nutri-lo.
 
“Em situações específicas, em que se trabalha um fio muito detonado, você pode até recomendar que a pessoa use a máscara toda vez que lava o cabelo, mas por um tempo determinado, até o cabelo se recuperar. Abandonar o condicionador e usar máscara o tempo inteiro não é uma boa ideia”, alerta o cabeleireiro.
 
O condicionador é um produto mais leve que a máscara e, por isso, hidrata na medida certa para o dia a dia. A linha Seda, de Unilever, tem condicionadores para cada tipo de cabelo, garantindo beleza, brilho, força e saúde para os fios utilizando elementos da natureza, como no caso de Guaraná Active e S.O.S Chocolate.
 
As máscaras de tratamento costumam ser ricas em proteína que, em excesso, deixa o cabelo rígido, sem movimento. O ideal é usar esse tipo de produto uma vez por semana e durante o tempo que a embalagem recomenda. Mais que isso, só se o cabeleireiro indicar e da forma como ele orientar.
 
3. Produtos caros sempre são melhores: De jeito nenhum! Diversos fatores podem influenciar nos altos preços de um produto: seja por ser de uma marca famosa, por ser importado, por ter uma embalagem e uma fragrância sofisticada ou simplesmente por ser voltado a um público de maior poder aquisitivo.
 
“Existem ótimos produtos em quase todas as faixas de preço e, certamente, não é isso que define a qualidade. Os ingredientes e a tecnologia do produto precisam ser próprios para cada tipo de cabelo, e o preço precisa ser próprio para cada tipo de bolso”, define Eron.
 
4. Cortar o cabelo fortalece o fio: Aparar as pontas modela o cabelo, deixa-o mais bonito e arrumado, mas não fortalece nem acelera o crescimento, como se costumava dizer antigamente.
 
Se seu cabelo precisa de força, procure produtos antiqueda e corte o cabelo apenas quando achar que necessita!
 
5. Cabelo sem química nem tintura é mais saudável: Quando feitas da forma correta e com a devida manutenção, as chamadas químicas, como escovas progressivas, alisamentos e descolorações, não impedem que você tenha um cabelo lindo e saudável – até mais do que o de quem nunca fez nenhum desses processos, mas cuida mal e usa produtos errados. Para quem quer um cuidado extra, a linha Seda de cremes de tratamento oferece soluções simples e práticas, como o Seda S.O.S Keraforce, ideal para cabelos que foram expostos a qualquer tipo de química.
 
6. Lavar o cabelo todo dia deixa o fio mais oleoso: Pelo contrário! Quem tem cabelo oleoso deve lavar todos os dias se achar necessário. Só é preciso tomar alguns cuidados, como usar água morna, shampoo específico para esse tipo de cabelo e não esfregar demais o couro cabeludo.
 
7. Usar o mesmo shampoo o tempo todo faz o cabelo se acostumar ao produto: Imagine se a sua pele “se acostumasse” ao filtro solar e deixasse de ser protegida por ele. Isso não faz muito sentido, não é mesmo?
A verdade é que os cabelos jamais se acostumam ao shampoo. Se você começou a usar um produto que parecia ser incrível, mas depois o resultado deixou de agradar, provavelmente está usando o produto errado.
No entanto, fazer um revezamento entre produtos indicados para o seu cabelo pode ser uma boa forma de oferecer aos fios ingredientes diferentes!
 
8. Cabeleireiro bom é muito caro: Outra lenda bastante comum. Toda profissão tem seus tops, aqueles profissionais que se destacam por algum motivo e viram referência. Esses, geralmente, cobram mais. Os que atendem em bairros mais nobres ou têm salões mais sofisticados também costumam cobrar mais, o que não significa que sejam melhores por isso.
 
Se o seu salão usa produtos de qualidade, passa confiança e acerta nos serviços, consequentemente é um ótimo salão, custe o que custar.

9. Cabelo oleoso não precisa de condicionador: A função do condicionador é tratar e desembaraçar os fios. Se o cabelo é oleoso, ele merece um produto específico e em pequena quantidade, mas não se deve simplesmente abolir o condicionador. Uma boa opção é o condicionador Seda Citric Fresh, indicado para cabelos oleosos e que contribui para a sensação de maciez e frescor se manter por todo o dia.

10. A lua influencia no resultado do corte: 
Você já desconfiava que esse era mito, não é? Simplesmente, não existe qualquer indício científico de que a lua influencie no resultado do seu corte de cabelo. Se você quer que os fios fiquem mais cheios ou domados, o melhor a fazer é escolher o dia mais adequado na sua agenda e pedir ao profissional um corte que crie o efeito que você deseja.

0 comentários:

Postar um comentário