Pages

Ads 468x60px

.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

COMO LIDAR COM A FALTA DE DESEJO


Rotina, excesso de trabalho, baixa autoestima e alterações hormonais são alguns dos problemas que podem diminuir o interesse pelo sexo. E, ao contrário do que muitos imaginam, esta é uma reclamação tanto dos homens quanto das mulheres, das mais variadas faixas etárias, que se angustiam por não conseguir corresponder aos anseios do parceiro.

“O estresse do dia a dia, como a preocupação com as contas a pagar, as cobranças do chefe e o cuidado com os filhos, acaba por afetar, e muito, o desejo sexual.

Além disso, a queda da libido feminina pode ser consequência de alterações hormonais decorrentes da redução do nível de testosterona. Esse sintoma pode ocorrer no período pós-parto, na menopausa e até mesmo pelo uso crônico da pílula anticoncepcional”, conta a ginecologista e sexóloga Carolina Ambrogini, coordenadora do programa Afrodite de Sexualidade Feminina, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

No entanto, apesar de a vida moderna trazer tantas tensões e, consequentemente, acabar prejudicando o interesse pelo sexo, há uma boa notícia: hoje em dia, as pessoas prestam mais atenção no assunto e querem conviver bem com sua sexualidade. Enquanto no passado se resignavam às limitações impostas pela falta de desejo e acabavam se conformando, atualmente elas se preocupam com o problema e procuram uma solução. “Um dos primeiros passos para recuperar a libido é tentar descobrir os motivos que levaram a esta situação. Às vezes, uma discussão mal resolvida pode afetar o desempenho na cama, e o casal nem se dá conta disso. Outros problemas comuns, que infelizmente prejudicam muitos relacionamentos, são o cansaço, a rotina e até mesmo o comodismo. Concentrados na correria diária, muitos casais abrem mão de carinhos como o beijo na boca e acabam tendo uma relação fria e distante. Diante dessa indiferença, o sexo perde espaço em suas vidas, fica em segundo plano”, comenta o urologista e sexólogo Celso Marzano.
A receita para recuperar o prazer é ser criativo e não se acomodar. “É essencial compreender que a satisfação sexual é muito importante para o vínculo do casal, pois ela favorece a cumplicidade e fortalece a união. Por isso, use a imaginação e crie situações que possam aumentar o desejo: passeie de mãos dadas, namore, beije, planeje um jantar romântico ou um final de semana a dois”, sugere Carolina. Outro passo importante é fortalecer sua autoestima! “Sentir-se mais atraente e sexy é fundamental para despertar o interesse pelo sexo. Procure cuidar mais do seu corpo, use uma lingerie sensual, enfim, invista em atitudes que possam deixá-la mais feliz e segura com sua aparência”, aconselha Celso.

0 comentários:

Postar um comentário