Pages

Ads 468x60px

.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

A Vestimenta da Mulher Cristã

“O QUE VESTIR?"

I PARTE

A mulher graciosa guarda a honra, como os violentos guardam as riquezas.(Prov. 11:16 ACF)
Como jóia de ouro em focinho de uma porca, assim é a mulher formosa, que não tem discrição. (Prov. 11:22 ACF) 
Alguma vez já lhe perguntaram isto? Eu já me perguntei. Quero que vocês façam esta pergunta literalmente: “Como hei de me vestir?” “Há disponível, neste mundo, roupa queseja realmente apropriada para mim, isto é que agrade a Deus e com a qual poderei dar bom testemunho com minha aparência?” “Há roupa que dê glória a Deus quando me apresento diante das pessoas?”

Quero que você prometa diante do Senhor que vai aprender como ELE quer que você se vista e prometa que você vai obedecê-Lo. Não estou pedindo que se vista como EU digo que é correto ou apropriado; mas a desafio que prometa ao Senhor que, o que você vir na SUA PALAVRA, você vai aplicar, instantaneamente, a seu guarda-roupa. Prometa que você não vai desobedecê-Lo quando Ele lhe mostrar qual é a Sua vontade sobre como você se vestir. Nós, como mulheres, necessitamos da ajuda de Deus nesta área de nossa aparência, porque Sua Palavra diz que somos “epístolas viventes”, e que os ímpios nos olham para determinar sua opinião sobre o verdadeiro cristianismo. Isto nos mostra que é importante, sim, ‘o como’ nos vestimos, e que tudo está relacionado com ‘o que’ somos, por dentro.
Esta mensagem não é dada com espírito mau amargo e briguento, nem de crítica; mas com a intenção de amar e ajudar as mulheres que desejam fazer o que é certo. Precisamos de um guia definido, não de regras feitas por seres humanos, nem de suas preferências; precisamos de uma norma que venha diretamente da Bíblia e que defina comoDEUS deseja que as mulheres se vistam.
Há algumas mulheres que pensam: “Gosto da roupa que tenho e não vou trocá-la por nada, nem mesmo para obedecer e agradar o Senhor.” Esta atitude não as ajudará. Mas eu sei que há mulheres que estão na mesma situação em que eu me encontrava antes, que querem fazer o que é correto, mas que não estão seguras do que exatamente é correto na área do vestir.
Minha atitude era: “Eu não vou trocar minha maneira de vestir para estar de acordo com cada pessoa que cruza meu caminho com idéias diferentes da pessoa anterior. Mas se eu soubesse exatamente o que DEUS quer, eu o faria imediatamente, para agradá-Lo.”
Muitas pessoas me diziam que roupa eu deveria usar e que roupa não deveria usar; mas ninguém me dava uma boa razão bíblica para tirar minhas dúvidas, e isto fazia com que eu tivesse pouca confiança no que me diziam. Aprendi depois que o problema não era que tinham normas erradas; mas que tinham normas “herdadas”, isto é, normas meramente recebidas de outros. Não sabiam o porquê delas, nem em que lugar poderiam ser encontradas nas Escrituras; e tão pouco sabiam o que Deus [Deus mesmo!] disse sobre como vestir-se apropriadamente.
Para as mulheres que sinceramente desejam fazer o que é certo, e para as que fazem o que é certo pelas normas que “herdaram”, creio que esta mensagem pode ser de verdadeira ajuda para estabelecer normas definidas diretamente das Escrituras, acerca de como uma mulher deve vestir-se. Permita, hoje, que o Senhor responda sua pergunta: “Que vestirei?”
DE QUE SE TRATA? 
O que vamos estudar agora não vai ser nenhuma revista de modas mundanas ou livros de como ser sensual ou sex, vamos sim estudar à Palavra de Deus à Bíblia, e à Bíblia tem muito que dizer sobre o mundo e a vaidade mundana na vida do crente. (I Coríntios 7:31) diz: “E os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo passa.” Aqui temos um ensino básico que podemos aplicar às normas de vestir. Diz-se, em essência, que não é mal USAR do mundo; é mal ABUSAR do mundo. Um vestido decente e na moda não é mal. O fato de ser atrativa não viola princípios bíblicos; mas devemos vestir-nos atrativamente de uma maneira que mostre ao mundo nossa feminilidade e não nossa sexualidade.
Algumas pessoas têm a falsa noção que o belo é mal, que as mulheres devem vestir-se de roupa feia, preta, enorme e horrível, devem prender todo o cabelo e não usar nenhuma maquiagem (é certo que o exagero desfigura algo criado por Deus de forma perfeita) para não chamar atenção. Mas Deus não fez as mulheres para serem feias! A mulher foi um ato de Deus para coroar a criação e Ele a fez mais bela que todas as paisagens de sua criação, todas as formosas obras da natureza, feitas por Suas mãos.
Por isto, quero que as mulheres saibam que nosso propósito sobre normas de vestir não é que as mulheres não sejam atrativas, eu disse atrativas e não desejáveis, mas ao contrário que sejam radiante belas e honrosas a Deus, aos anjos, ao seu marido. Se determinada classe de roupa está na moda, não podemos assumir que ela é automaticamente boa ou má. Necessitamos examiná-la à luz de uma lista (que estamos agora juntando) de versos da Bíblia. Não é mal USARdo mundo, quando há algo que satisfaz a norma Bíblica de vestir. É mal ABUSAR do mundo, vestindo-nos com certa roupa só porque está na moda.Viola a Palavra de Deus e danifica nosso testemunho diante do mundo.
Que “a aparência deste mundo passa”, sabemos bem. A moda passa tão rápido que a roupa que antes era considerada “absolutamente indispensável” agora já não está na moda. Há uns dez anos, ríamos das fotos de nossas mães e asseverávamos que ninguém nos veria com aquele tipo de roupa; mas agora mesmo usamos algumas dessas roupas.
Sem dúvida, amiga, suas filhas verão o mesmo ciclo de modas em suas vidas, se o Senhor tardar em voltar porque não à nada de novo de baixo do sol . Mas enquanto os últimos dias se aproximam, o Diabo põe mais pressão sobre o mundo em geral, e as modas do mundo em particular. Hojeemdia, há a nosso alcance menos e menos roupa queagrada Deus.
Este era um problema nos dias do pregador Charles Spurgeon [mil oitocentos e tanto]. Em um sermão ele anunciou: “Londres recebe suas modas diretamente de Paris, e Paris as recebe diretamente do Inferno.” Ele estava declarando mais verdades do que talvez damos conta. A Bíblia nos diz várias coisas muito distintas e claras acerca do mundano.
Quando uma mulher se veste de uma maneira que anuncia sua sexualidade (sensualidade) ou promove uma imagem de UNISSEX ou MASCULINO, escutamos pregadores referirem-se às suas roupas como roupas mundanas. O mundanismo quase sempre se refere ao pecado de participação em práticas identificadas com o mundo, mas a ordem de Deus para o crente é: (Rom 12:2 ACF) “E não sede conformados com este mundo…” (ou século).
Mundo / século = Essa palavra utilizada por Paulo, não é a palavra grega “Kosmos”, que significa o mundo físico, o mundo dos homens, e, sim, é o termo grego “AEON”, que indica era ou época, o que envolve tudo quanto caracteriza tal época.
As Escrituras definem “o mundo” ( AEON) não como um globo, mas como um sistema dominado por Satanás. 2Cor. 4:4 identifica Satanás como “o deus deste século…”
(mundo-aeon). De acordo com a chave linguistica do Novo Testamento, este termo grego “AEON mundo/século”nestas passagem, refere-se a toda aquela massa de pensamentos, opiniões, aspirações máximas, especulações, esperança, impulsos, objetivos e aspirações correntes à qualquer época no mundo.
O que a Palavra de Deus está dizendo, é que: a era ou época presente se caracteriza por uma série de condições e qualidades, costumes, padrões morais e espirituais, ditados e regidos por satanás.
Então o mundo é o reino que Satanás pôs para levar a cabo suas práticas e propósitos, para alcançar suas metas. Ser mundano é conformar-se aos desejos do deus deste mundo, da mesma maneira que o crente se conforma aos desejos do Deus do céu. (Isaías 14:12-14) define as metas de Satanás: Ele quis ser igual a Deus para eliminar o [verdadeiro] louvor a Deus e ganhar o louvor para si mesmo, e para reinar sobre a criação, tomando o lugar de Deus.
Porque é que os pregadores que temem ao Senhor pregam contra o mundanismo? É porque as coisas mundanas e o pecado roubam a glória que realmente pertencem a Deus e à justiça. Porque há tantos filmes mundanos? Porque induzem e glorificam toda classe de pecado e o apresentam como o Diabo quer que seja visto, para que o pecado não mais nos pareça sobremodo mal e pecaminoso, e nos acostumemos com sua presença. Porque se considera mundana a música rock, música sertaneja, Rap, Pop, axé music, samba ? Porque sem cessar incutem maus padrões nas pessoas, através de letras e ritmos maus que passam a formar parte do subconsciente e afetam suas decisões e valores. Examine as perguntas e se dará conta que o mundanismo tem participação com o reino de Satanás, permitindo que o Diabo seja aceito e glorificado consciente ou inconscientemente e seja posto em um lugar preeminente em nossas vidas. O mundanismo, então, é um ato que traz glória ao reino de Satanás, da mesma maneira que a obediência ao Senhor traz glória ao reino de Deus. O mundanismo promove o pecado, enquanto a obediência a Deus promove a justiça. Você diz: “Eu não sou uma má pessoa por causa da maneira como me visto. Não sou uma fanática.” No entanto, a Bíblia é clara, não deixa dúvidas ao declarar que não há uma posição intermediária em nenhuma área de nossa vida. Tiago 4:4 diz: “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do MUNDO é inimizade contra DEUS? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do MUNDO constitui-se inimigo de DEUS.” Não adianta querer distorcer, enfraquecer, amenizar a Palavra de Deus tirando a autoridade e assim tornar-se um adulterador da Palavra.
Contestar a norma de Deus no vestir, é eleger o vestir que promove o pecado e que traz glória a Satanás. Satanás por meio das aspirações mundanas sempre promovera a rebeldia contra Deus. O Diabo tem um estilo de roupafeminina concebida para promover sensualidade, fornicação, homossexualidade e toda classe de práticaslibidinosasvis abomináveis. Spurgeon realmente estava dizendo a verdade quando disse que Paris traz suas modas diretamente do Inferno! Temos recebido mandamentos rígidos sobre a nossa relação com este mundo. Estes mandamentos refletem o perigo que o mundo representa para nossa vida espiritual. “Não ameis o MUNDO, nem o que no MUNDO há. Se alguém ama o MUNDO, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no MUNDO, a concupiscência da CARNE, a concupiscência dos OLHOS e a soberba da vida, não é do Pai, mas do MUNDO. E o MUNDO passa, e a sua concupiscência; mas AQUELE que faz a vontade de DEUS permanece para sempre.” (I João 2:15-17 ACF). Deus não nos disse que não devemos amar o globo  terrestre, ou não apreciar esta terra. Ele nos estava dizendo que não devemos amar o reino de Satanás aqui na terra, nem nada do que ele representa. Conheço mulheres que se colocariam contra Deus antes de se colocarem contra suas roupas anti-cristãs. Amam mais ao mundo de Satanás do que a Deus.
(Romanos 12:2 ACF) diz: “E não sede conformados [não aceite não incorpore não tome o molde não tome a forma] com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” 
Sede conformados = indica a moldagem segundo um determinado padrão, em que uma coisa toma a forma de outra, adquirindo o seu caráter, mediante alguma influência ou poder exterior.
O verbo Conformar-se = “Schema”, é contraste do vocábulo grego “Morphe” que é a raiz da palavra que pode ser traduzida por transformar.
Não devemos nos esforçar para nos conformarmos ao mundo e nem para sermos aceitos pela maneira de viver do mundo. O Diabo está pronto para nos pôr no seu molde e nos deixar com a forma do mundo através das práticas e desejos pecaminosos . Deus nos dá a alternativa de nos transformarmos à imagem de Cristo, a mesma forma de transformação que faz com que uma asquerosa lagarta se torne uma linda borboleta. Mas eu não posso ser ambas as coisas. Devo primeiramente me colocar contra a tentação de conformar-me ao Diabo, antes de poder ser transformada para a glória de Cristo.
A vaidade mundana danifica nosso testemunho, traz vergonha ao Evangelho de Cristo, apaga nossa consciência à voz e obra do Espírito Santo, e, separando-nos de Deus, impede nossa comunhão com Ele e a resposta às nossas orações. Não podemos ignorar os resultados da vaidade mundana.

0 comentários:

Postar um comentário